Notícia

Saúde

Novo presidente do Cisa aponta área da traumatologia como desafio

Postada 18/06/2019



Em evento realizado na noite de sexta-feira, foi eleita a nova diretoria do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisa). Assume a presidência o prefeito de Vista Gaúcha, Celso José Dal Cero, que atuará ao lado do até então presidente do Cisa, eleito vice, Eduardo Buzatti, prefeito de Pejuçara. Também fazem parte da diretoria o prefeito de Condor, Valmir Land, secretário do consórcio; e o prefeito de Chiapetta, Eder Both, tesoureiro. Elizabete Rolim segue diretora executiva.
Na mesma noite, também foram eleitos os membros do Conselho Fiscal, que terá como titulares os prefeitos de Nova Ramada, Marcos Bandeira; de Ajuricaba, Ivan Chagas; e de Catuípe, Joelson Baroni.
Conforme destacou o novo presidente ao Grupo JM, o Cisa surgiu da dificuldade dos pequenos municípios em conseguir consultas e exames especializados. “Foi então que em 1997, quando eu ainda era secretário de Saúde de Vista Gaúcha, surgiu a proposta de criarmos um concórsio para atender os municípios. Para nós, prefeitos, o consórcio é muito importante. Chego a dizer que ele é o nosso Sistema Único de Saúde melhorado. É o erário público que paga pelos serviços, que são de qualidade”, destaca Dal Cero.
Hoje, de acordo com o presidente, o Cisa atende 40 municípios na área de consultas e exames especializados, e auxilia 38 municípios na compra de medicamentos. A ideia da diretoria é dar sequência às ações que vinham sendo realizadas, com foco na resolução de um problema regional, que é a garantia de um bom atendimento na área de traumatologia. 
“Temos um dos melhores consórcios do Estado. E a sua efetivação se dá, principalmente, pela necessidade dos municípios e situação em que se encontra o SUS. Pelo Cisa, conseguimos o agendamento de uma consulta em oito, 10 dias. Pelo SUS, talvez em três, quatro meses. A agilidade é um diferencial, assim como os preços. Enquanto que uma ressonância custa R$ 600, conseguimos pelo consórcio ao valor de R$ 400. São ações como estas que fazem com que o Cisa cresça e permaneça”, ressaltou.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por