Notícia

Educação

Greve Nacional é anunciada para amanhã

Postada 14/05/2019



Em todo País, trabalhadores em educação, estudantes e familiares se organizam para a Greve Nacional da Educação, marcada para esta quarta-feira, 15 de maio. A mobilização, que terá repercussão em Ijuí, marcará o protesto contra a proposta da reforma da Previdência e medidas tomadas contra a educação.
“Estamos entrando em contato com as escolas, conversando com professores e funcionários, e chamando para este grande movimento, que é nacional. Pela manhã, vamos fazer um ato na Praça da República, esclarecendo a população sobre os motivos da nossa pausa. Por isso chamamos professores das redes pública e privada, do ensino básico e superior, pais, estudantes e comunidade em geral para participar deste protesto”, destacou a diretora do 31º Núcleo do Cpers/Sindicato, Terezinha Mello.
As Centrais Sindicais têm defendido que a reforma da Previdência trará prejuízos aos mais pobres e, principalmente, aos professores. A greve, amanhã, chamará a atenção para os cortes na educação, tanto no ensino básico quanto superior, e para o risco que corre o Fundeb -  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, que finda-se no próximo ano, sem que haja um movimento por parte do governo federal para sua manutenção. “Esse protesto é contra a lei da mordaça, que tenta punir professores por terem pensamentos críticos, e contra a mercantilização da educação, que desmonta a escola pública para entregar ao capital privado”, reforçou Terezinha.
Aos poucos, alunos de Ijuí estão sendo informados se seus professores participarão, ou não, da greve. Segundo Terezinha, uma nova Greve Nacional já está marcada para o dia 14 de junho.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por