Notícia

Polícia

Furtos de hidrômetros causam prejuízos

Postada 29/04/2019



O número de furtos de hidrômetros tem aumentado e está gerando prejuízos para moradores de Ijuí, que precisam pagar até R$ 95 por um novo equipamento e a instalação.
Nas últimas semanas, a Companhia Rio Grandense de Saneamento (Corsan) tem recebido diariamente denúncias de moradores que ficam sem água, pois tiveram os hidrômetros retirados de suas residências. A informação foi confirmada pelo gerente local da Corsan, Flávio Krampe, ao Grupo JM. 
Desde que começou a receber denúncias, a Polícia Civil já conseguiu identificar um receptador dos aparelhos que medem o consumo de água nas residências e nos estabelecimentos comerciais, porém, os furtos seguem ocorrendo, principalmente no bairro Pindorama e adjacências, onde ocorre a maior concentração de casos, porém também são constatados furtos em outras áreas da cidade. 
“Agora a Polícia Civil está investigando para ver se consegue localizar quem comete esses crimes”, disse o gerente. 
Segundo Krampe, os hidrômetros são alvos de ladrões porque a carcaça possui bronze em sua composição. Como os equipamentos precisam ficar em locais visíveis para facilitar a leitura, isso acaba facilitando os crimes.
Krampe orienta que os moradores usem grandes ou tampas com furos para garantir a segurança do equipamento, já que a responsabilidade pelos equipamentos é do proprietário do imóvel.  Ele diz ainda que a pessoa que tem um hidrômetro furtado deve fazer um boletim de ocorrência, pois facilita o mapeamento dos casos e para que as autoridades policiais possam tomar providências.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por