Notícia

Comunidade

Moradores do Thomé irão contranotificar RGE

Postada 24/04/2019



Moradores que foram notificados pela Concessionária Rio Grande Energia (RGE) a deixar as suas residências no bairro Thomé de Souza e representantes do Executivo e Legislativo de Ijuí estiveram reunidos na tarde de ontem para debater as ações que serão dadas para impedir que cerca de 200 famílias tenham que deixar suas casas.
Segundo a empresa, as casas foram construídas na faixa de domínio das linhas de transmissão de energia elétrica. Pelo prazo dado, os moradores terão, a partir da data de notificação, deixar as casas em 90 dias. 
O presidente do bairro Thomé de Souza, Gilberto da Fontoura, informou que as notificações da RGE serão recolhidas pela comissão de moradores e entregue ao jurídico dos poderes Executivo e Legislativo, para que ocorra uma contra notificação à empresa.
 Já o prefeito Valdir Heck, que está acompanhando o caso, disse que desde a semana passada, o poder Executivo tem atuado para ajudar as famílias e que considera estranho as notificações feitas pela empresa, pois o decreto usado para referendar o pedido de saída dos moradores da área não faz alusão a Ijuí. "Além disso, a própria RGE no passado encaminhou um documento informando que as linhas de transmissão serão realocadas", disse o prefeito.
Ao Grupo JM, a RGE informou que tem o compromisso de alertar quanto ao risco que terceiros es-tão expostos ao permanecer, ou construir irregularmente, dentro dos limites de faixa de servidão de suas Linhas de transmissão ou distribuição de energia elétrica. "A empresa está encaminhando correspondências aos ocupantes das áreas identificadas, deixando-os cientes do riscos que eles estão expostos e solicitando a regularização o mais rápido possível.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por