Notícia

Comunidade

Famílias são notificadas para deixar residências no Thomé de Souza

Postada 12/04/2019



Cerca de 200 famílias que moram no bairro Thomé de Souza, próximas às torres de transmissão de energia elétrica da empresa Rio Grande Energia (RGE), foram intimadas pela concessionária para deixar a área. São moradores que estão no local há mais de 40 anos e que agora terão prazo de 90 dias para deixar o local. 
Na próxima quarta-feira, moradores que receberam as notificações proporão uma reunião com os vereadores e o poder Executivo para debater ações para que as famílias não precisem deixar o local. “Todos os moradores que estão embaixo das torres têm escritura, eles não são invasores como a empresa está tratando eles. Então propomos essa reunião com os vereadores e representantes do Executivo para que possamos ganhar apoio deles e que essa pauta entre no debate da próxima sessão da Câmara”, disse o presidente do bairro Thomé de Souza, Gilberto da Fontoura.  
O vereador Jeferson Dalla Rosa, que foi um dos quatro vereadores que esteve presente no encontro, explicou que as intimações estão no âmbito administrativo da empresa e não na esfera judicial, mas que está organizado uma equipe para tratar do assunto. 
“Tivemos como encaminhamento a criação de uma comissão de moradores e que ocorra, na Câmara de Vereadores, um debate sobre essa situação e quem sabe até mesmo uma audiência com a presença dos integrantes da RGE para entender melhor essa situação. Também será proposto um encontro com o Executivo, pois todas essas casas estão legalizadas, pagam IPTU, iluminação pública, têm ligação de água”, disse o vereador ao Grupo JM. 
Hoje o tema será debatido na reunião de comissões da Câmara de Vereadores. Também participaram do encontro os vereadores Beto Noronha, Junior Piaia e Helena Stumm Marder. A vereadora, que integra a situação, ficou de levar o tema para o Executivo. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por