Notícia

Política

Andrei suspeita de 'governo de um ano só', com 'obras eleitoreiras'

Postada 21/03/2019



Vereador pelo Partido Progressista, Andrei Cossetin disse que ‘suspeita’ que o atual governo municipal, de Valdir Heck, ‘seja de um ano só’. Ou seja, que esteja focado na realização de ‘obras eleitoreiras’, nos últimos meses de gestão. “Tomara que isso não esteja acontecendo. Mas há máquinas chegando agora, e obras começando a acontecer”, avaliou o vereador, lembrando que, como seu partido pertence ao governo, ele tem condições e direito de cobrar posições. “Isso que o povo não aguenta. Essa suspeita de obras eleitoreiras”, reforçou.
Na última semana, o presidente do Partido Progressista, vereador Jorge Amaral, disse que, hoje, Andrei Cossetin seria o candidato a prefeito pela sigla, devido ao bom desempenho nas urnas nas últimas eleições. E Andrei mantém o desejo de concorrer ao cargo. “Sempre disse que tenho um sonho para Ijuí, que é contribuir para que tenhamos uma cidade melhor. Tenho me preparado, desde que assumi como vereador, há seis anos, e estou à disposição do partido.  Se o PP definir, e a população aceitar o meu nome, não fugirei do desafio”, destacou, afirmando que a gestão municipal precisa ser mais profissional e que situações como a perda de recursos, registrada no projeto do Parque da Pedreira, não podem mais ocorrer “por falta de organização”. “Quem assume precisa organizar o que ficou do governo passado. Se o projeto é bom, é necessário dar sequência.”
Andrei integra a comissão especial, criada no poder Legislativo, que avaliará o Código de Posturas. O documento estabelece normas de convivência e, na opinião do vereador, está desatualizado. Na sexta-feira, presidente e relator devem ser escolhidos, dando início aos trabalhos do grupo. “Vamos chamar instituições, como o Sindilojas, para debater regras de utilização das calçadas, da área que concentra o comércio. Há alguns meses, havia grande reclamação quanto à retirada de totens da frente de lojas. Um item não presente no Código, mas que foi cobrado pelo fiscal de posturas", disse.
Em entrevista ao Grupo JM, o vereador destacou que esteve em contato com o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, em busca de recursos e projetos para a cidade; e também com o deputado federal Pedro Westphalen, para que emendas sejam destinadas à cidade, nas áreas de saúde e infraestrutura, principalmente.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por