Notícia

Política

Câmara retoma sessões plenárias

Postada 07/03/2019



Após quase dois meses de recesso, a Câmara de Vereadores de Ijuí retomou, na tarde de ontem, suas sessões plenárias.
Com a demanda represada, 24 projetos de lei do poder Executivo foram inclusos para análise das comissões, que vão desde a abertura de crédito especial, até a contratação temporária de professores para a rede pública municipal.
O único projeto aprovado em plenário, oriundo do Executivo, estabelece regramento legal para a utilização de um prédio por parte da associação de moradores do bairro São José.
Além disso, os parlamentares incluíram na pauta um total de 25 indicações sobre serviços públicos a serem realizados, a maioria relacionada à infraestrutura urbana, e diversos pedidos de informação, como o que foi feito pelo vereador César Busnello (PSB).
Direcionado à Mesa Diretora, a solicitação busca, conforme o vereador, esclarecer quais posicionamentos tomados pelo Legislativo quanto aos supersalários existentes na Câmara, onde quatro servidores ganhavam R$ 33,7 mil mensais. No documento, Busnello também cobra a revogação, também por parte da Mesa Diretora, da lei que permite o pagamento de vencimentos acima do teto constitucional na Câmara.
Impasse na bancada do PDT
Na sessão de ontem, também tomou posse o suplente de vereador Aldair Cossetin (PDT), que ocupou a vaga deixada por Darci Pretto da Silva, cassado pela Justiça e que renunciou ao cargo.
Na mesma sessão, porém, Cossetin, que é segundo suplente, anunciou seu pedido de licença do cargo. À reportagem, ele explicou que não tem interesse em ocupar a vaga por tempo determinado, já que o primeiro suplente, Ênio dos Santos, já anunciou que vai requerer sua cadeira na Câmara no mês de junho, quando provavelmente ocorrerá a extinção do Demasi, órgão ligado à prefeitura que ele comanda atualmente.
"Sou (secretário) adjunto do Desenvolvimento Rural e estamos desenvolvendo um bom trabalho, estruturando a Secretaria, equipando a Garagem Municipal. Não posso sair dessa função em um momento onde as coisas vão começar a andar, temos muitos desafios pela frente e quero fazer parte disso", disse Cossetin, confirmando que pretende voltar à Câmara, mas como titular.
Com a nova desistência, a Câmara deverá chamar o quarto suplente do PDT nas eleições de 2016, Cristiano Quadros de Jesus.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por