Notícia

Educação

Captação de alunos é desafio na rede privada

Postada 09/01/2019



Em contato com o Grupo JM, o presidente do Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe/RS), Bruno Eizerik, afirmou que o ano de 2019 será importante para as escolas da rede. Especialmente porque os estudos serão focados na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – aprovada em 2017 pelo Conselho Nacional de Educação para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, e no final do ano passado para o Ensino Médio.
A BNCC é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.
“Trabalharemos nas escolas com a nova base para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, e vamos estar atentos ao trabalho do Conselho Estadual de Educação em relação ao novo Ensino Médio. É um ano em que devem acontecer muitas coisas na área da educação. Até porque temos novos gestores assumindo, em nível federal e estadual”, explicou o presidente.
Na avaliação de Eizerik, um dos principais desafios para 2019 está na recuperação da economia. O que levará, consequentemente, à captação de novos alunos. “A gente espera, principalmente no Ensino Superior, que ocorra uma recuperação, porque estamos vindo de dois anos em que houve uma queda no número de estudantes. Esperamos que a economia tenha crescimento e que, com isso, tenhamos um reflexo positivo”, destacou o presidente, lembrando que na Educação Básica o número de alunos tem se mantido estável.
Eizerik também comentou sobre a medida, prevista em portaria publicada no Diário Oficial da União, que permite que cursos de graduação presenciais ofertem até 40%  das aulas a distância.  A medida não vale para cursos da área da saúde e de engenharia. “Isso passou pelo Conselho Nacional de Educação e, agora, vai caber aos Conselhos Estaduais, neste ano, definir qual percentual poderá ser trabalhado. Mas é importante que esse trabalho a distância possa ser acrescentando à carga horária, e que o aluno não seja retirado de sala de aula”, opinou.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por