Notícia

Educação

Diretores assumem escolas da rede estadual

Postada 28/12/2018



Ontem, no Centro de Eventos da Unijuí, ocorreu a posse dos diretores e vice-diretores da rede estadual de ensino. Conforme explicou o titular da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Cláudio de Souza, o ato finaliza um processo iniciado no mês de agosto, com a instalação de comissões eleitorais nas escolas e em âmbito regional. A eleição, que ocorreu no dia 27 de novembro, envolveu pais, alunos, funcionários e professores.
“Das 62 escolas da nossa região de abrangência, 59 estavam habilitadas a participar do processo. Três instituições têm indicações, como é o caso do Colégio Tiradentes e os dois Núcleos de Educação de Jovens e Adultos: prisional e comunitário”, destacou o coordenador, lembrando que 32 diretores foram reeleitos, sendo outros 27 novos gestores.
Os diretores e vices empossados ontem iniciarão suas atividades na próxima segunda-feira, dia 30 de dezembro. O mandato será de três anos.
Mas, para que a posse ocorresse, a Secretaria Estadual de Educação determinou que os eleitos fizessem um curso obrigatório de gestão – sem realizá-lo, não poderiam assumir o cargo. São 120 horas no sistema de Ensino a Distância (EaD), divididas em três etapas. O curso traz informações sobre o funcionamento de todos os departamentos da secretaria – Planejamento, Administrativo, Recursos Humanos, Logística, Jurídico e Pedagógico, e ensina dicas básicas de gestão.
“Os eleitos concluíram 40 horas do curso, sendo que tem pela frente mais 80 horas de capacitação. Trata-se de um curso importante, fundamental para quem trabalha com questões administrativas, gerenciamento de recursos humanos, e questões pedagógicas”, lembra Cláudio.
A construção e validação do curso teve a colaboração das coordenadorias e comunidades escolares, a partir de reuniões semanais, avaliando os critérios de conteúdo, planejamento estratégico e cultura digital. 
A cerimônia de ontem contou com a diplomação dos diretores e vice-diretores, e também com pronunciamentos. Cláudio fez um agradecimento a todos os envolvidos, que garantiram um processo tranquilo na regional. “Não tivemos incidentes. Nada que pudesse trazer prejuízos à eleição. Sem falar que se trata de um processo democrático, em que todos os segmentos da escola participam. Desde 1995, através da Lei de Gestão Democrática, temos eleição de diretores na rede pública estadual. Até então, eles eram indicados pelo governo. Finalizada a gestão, havia uma troca de diretores”, ressalta o titular da 36ª CRE.
Quase 2,5 mil diretores eleitos no dia 27 de novembro, além dos vices, serão empossados, até hoje, em todas as escolas da rede estadual. Organizadas pelas Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) e pela Divisão Porto Alegre (DPA), as solenidades de posse ocorrem em todo o Estado. Como lembra Cláudio, a Secretaria Estadual de Educação definiu que as posses ocorreriam por regional.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por