Notícia

Comunidade

Separação incorreta do lixo compromete geração de renda

Postada 19/12/2018



A maioria dos recicladores da Associação de Catadores (Acata), localizada no bairro Luiz Fogliatto, depende exclusivamente da venda de material reciclável,  que é levado à sede pelo caminhão de coleta, que realiza o serviço no município, ou pela própria comunidade. Portanto, a separação incorreta destes materiais compromete a renda mensal de muitas famílias.
A separação do lixo é um tema essencial para o desenvolvimento de qualquer sociedade. Isso porque, saber como separar o lixo corretamente é o primeiro passo para a destinação, a disposição e o tratamento, incluindo a reciclagem, adequados do lixo. Atualmente, o cenário é outro na Acata. "Pouco se aproveita, porque a maioria é lixo. É preciso separá-lo", comenta a responsável pela Acata, Maria Sonilda. 
Ela chama atenção para a importância de fazer a coleta seletiva nas residências, separando orgânicos de recicláveis. "Porque senão, não tem como trabalharmos. Separar pets, garrafas, papelões, latinhas, que são os materiais que prensamos, e que geram o sustento."
Poucos minutos de dedicação para a separação do lixo doméstico, hospitalar ou outro tipo de lixo podem evitar danos significativos às pessoas e ao ambiente; economizar energia, matéria-prima, água e espaço de aterros e lixões; e ainda gerar renda. A venda de garrafas pet reverte R$ 1,80 por quilo, às famílias, por exemplo. A Acata conta com 11 associados.
Moradora do Alvorada, Aline dos Santos trabalha meio turno na reciclagem dos materiais, e afirma que o valor da comercialização faz a diferença na renda. No entanto, a atual situação é de tristeza, uma vez que a comunidade não tem colaborado. "Está cheio de lixo, e quase nada de material. Complica muito."
Os orgânicos podem ser reciclados em casa por meio da compostagem.
Os recicláveis devem ser higienizados, embalados em materiais também recicláveis e destinados para a reciclagem.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por