Notícia

Política

Vereador critica feira e presidente rebate

Postada 10/10/2018



Como ocorre todos os anos, os 15 vereadores de Ijuí receberam, na última semana, um envelope com ingressos e credenciais especiais de acesso ao Parque de Exposições Wanderley Burmann durante a Expo-Ijuí/Fenadi 2018.
A organização da feira, que é financiada, em parte, com recurso público, tem como praxe agraciar entidades públicas e privadas com acesso ao evento, como forma de cortesia.
Na segunda-feira, durante sessão plenária, o vereador João Monteiro (PDT) voltou a mostrar indignação por receber os ingressos. Ainda em plenário, ele devolveu o envelope nominal entregue pela organização da Expo ao presidente da Câmara, Rubem Jagmin (PP).
"Eu acho que a feira deveria fazer um convite normal aos vereadores, para que participem da feira por conta própria, sem enviar envelope lacrado com mimos e o que quer que seja. Acho que um vereador transparente não pode aceitar esse tipo de coisa", afirmou Monteiro ontem, em entrevista ao Grupo JM.
Na tribuna, porém, o vereador foi mais incisivo nas críticas ao modelo de gestão da Expo-Ijuí/Fenadi, afirmando que a feira 'é um saco sem fundo'.
"Faz 15 dias que a prefeitura está trabalhando com máquinas dentro e no entorno do parque. Enquanto isso, deixamos de fazer obras nos bairros e no interior. Nós repassamos muitos recursos para a Expo-Ijuí, só neste ano o Demei repassou R$ 250 mil para a feira, sendo que ninguém declara o valor que sobra. Acho que o dinheiro da Expo é mal explicado, não sei para onde vai nem o que estão fazendo com ele", critica Monteiro.
O outro lado
O presidente da Expo-Ijuí/Fenadi 2018, Nilo Leal da Silva, também conversou com o Grupo JM, e buscou rebater as acusações feitas pelo vereador Monteiro.
"Para mim, a Câmara de Vereadores, sim, é um saco sem fundo. A Câmara de Vereadores não produz nenhum resultado para o município. Com os 8% do orçamento anual que são consumidos pela Câmara todos os anos, poderíamos fazer muito mais pelo setor produtivo, pela saúde, pela educação e pela infraestrutura nos bairros", disse Nilo Leal, que se dirigiu especificamente a Monteiro de forma pejorativa.
"Sentimos muito que haja pessoas deste nível na Câmara. Pessoas incapazes de gerenciar os próprios pensamentos, quem dirá gerenciar uma Expo-Ijuí ou dar ideias em uma Câmara de Vereadores. É lamentável, porque até hoje estávamos em um bom nível de relacionamento (com o Legislativo), e agora vem uma pessoa desqualificada fazer comentários desse tipo", afirmou Nilo Leal da Silva.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por