Notícia

Região

Ambulantes precisam pagar taxa para comercialização de produtos em Ajuricaba

Postada 02/08/2018



A Associação Comercial Industrial (ACI) de Ajuricaba realiza um trabalho, em longo prazo, com intuito de fomentar as vendas do comércio e, com isso, aumentando a arrecadação do Município, além da geração de emprego. Dentro deste objetivo, a entidade organiza uma campanha, com lançamento previsto para setembro. "Temos um comércio forte e certamente teremos um giro maior de pessoas no município", conta o presidente, Alceu Antônio dos Santos, há 10 anos na presidência da ACI de Ajuricaba.
Além disso, a associação proporciona cursos, palestras e treinamentos aos associados, com foco na qualificação. "Em épocas de crise, estamos sempre buscando alternativas."
Recentemente, Ajuricaba restringiu o comércio de ambulantes - é preciso pagar uma taxa para comercializar os produtos - e proibiu a realização de feiras itinerantes. "Valorizar nosso comércio é importante. Incentivamos as pessoas a comprar no balcão, exigir nota fiscal, e não valorizar os ambulantes, porque não contribuem com nada, e até mesmo a procedência das mercadorias, não sabemos de onde elas vêm", acrescenta Alceu.
Reuniões envolvendo os dirigentes da ACI buscam alternativas à crise financeira. "Cada um está vendo em sua empresa a situação, corte de despesas, adequação do quadro de funcionários, e também avaliando como ter melhores lucros, para atrair as pessoas aos estabelecimentos, oferecendo o que as pessoas precisam e procuram."
Alceu destaca que hoje a maior concorrência dos comerciantes é a internet. "Precisamos estar atentos a isso, para inovarmos nosso comércio." Ele acentua que não há como competir com este mercado, uma vez que o custo é bem abaixo em relação ao praticado pelas empresas, que têm gastos com funcionários, estrutura física, serviços e encargos financeiros. "Às vezes, compramos uma mercadoria pelo mesmo valor da internet, mas temos que tirar essas despesas, e não temos como competir."
Por outro lado, ele frisa que ao comprar diretamente da empresa, o cliente vê o produto, reduzindo as chances de ocorrer problemas, ou até mesmo de não receber a compra. "A empresa é o melhor lugar para adquirir um produto. A compra nos municípios pequenos gera outros benefícios, porque o dinheiro não vai embora, e pode ser investido em melhorias."


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por