Notícia

Política

Busnello questiona destino de máquina de pintura

Postada 26/07/2018



Na avaliação do vereador César Busnello, do PSB, diversos setores da administração municipal têm apresentado 'amadorismo' em suas ações. E cita como exemplo a área do trânsito e as rotatórias que têm, segundo ele, não só causado problemas. Elas têm sido motivo de piada. “É claro que as rotatórias são importantes. Tanto que discutíamos a necessidade durante a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana (Planmob). Mas as nossas rotatórias têm causado problemas”, disse. 
Na avaliação do vereador, as novas rotatórias não têm estética e tampouco cuidado. Cita como exemplo a existente na Rua Paraná, que “está tomada pela grama”. Também critica a placa recentemente colocada, com o aviso “Devagar, devagarinho”. “Colocar essa placa em cima da rótula? Se falar com o antigo secretário de Obras, Ubiratan Erthal, ele sabe que você precisa anunciar a rotatória 30, 50 metros antes. Colocar esse alerta em cima é amadorismo”, disse, afirmando que o Planmob não é seguido pela administração de Valdir Heck. “Parece que não há seguimento das políticas públicas do governo passado. Tanto que placas são colocadas em benefício do particular, não do coletivo, em diversas áreas da cidade, em frente a estabelecimentos. Isso vai contra o plano e o gestor não pode passar uma borracha no que foi feito”, afirmou.
Busnello também criticou a qualidade da tinta que vem sendo utilizada para pintura nas vias, e lembrou que, na última sessão ordinária da Câmara Municipal, fez um pedido de informação ao Executivo, onde questiona se a máquina para pintura está sendo utilizada e quanto foi aplicado para sua aquisição. Também indaga quais servidores são responsáveis pela sua operação.
“Não sei se o prefeito está centralizando as ações, ou está muito mal assessorado. Temos problemas no Desenvolvimento Urbano e na pasta da Saúde. Eu, se fosse gestor, colocaria nestes setores pessoas técnicas, com experiência nas áreas”, destacou, também criticando a indicação dos secretários adjuntos que, segundo ele, não têm perfil para exercer a função.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por