AO VIVO


Coluna Armindo Pydd

Publicada 16/10/2017

AGELESS

**Surge nova palavra no vocabulário da língua inglesa que logo é adotada pelo mundo todo. Não vamos mais falar de segunda ou terceira idade  usando só o critério  de anos vividos. Os atuais cuidados com a saúde, os recursos de reparação plástica, as mais variadas técnicas de embelezamento, o uso de acessórios faz com que seja difícil  acertar a idade das pessoas só pelo seu aspecto. Quando olhamos para uma plateia feminina fica quase impossível saber a cor dos cabelos naturais.  Aí surge o termo inglês Ageless, ou traduzinho, “sem idade definida.”

**Ao começar os estudos, um futuro advogado logo descobre que as leis não são equações matemáticas. Elas podem ser interpretadas. Nesta semana, o STF ao se dividir num julgamento demonstrou isto mais uma vez. A mais alta corte do país, a que se autodenomina como detentora da palavra  final,  teve votos totalmente opostos e sempre com argumentos tidos como irrefutáveis.  Na questão da autonomia entre os poderes, o desacerto foi total no nosso órgão superior de justiça culminando tudo com um confuso voto de desempate da presidente do STF.

**A consulta popular sobre o  tema da independência de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul conseguiu mais de 1% dos votos, num total de  360 mil. Agora uma iniciativa popular será válida para encaminhar um projeto de lei. Conjetura-se  que PILA seria o nome da moeda, Lages a capital e haveria uma inversão completa na aplicação da arrecadação de tributos. 60% ou mais ficariam para estados e municípios e menos de 40% para o governo central. A frase de toque é  “O  Sul é o Meu País”

**Atualmente  1,4 trilhão de tributos arrecadados, ou seja 35 mil por família e apesar de constar como a 6%{?} economia do mundo o IDH( Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil está no lugar 84. Um automóvel que no Brasil custa RS 26 mil, logo do outro lado  do rio Uruguay, na Argentina custa R$ 15 mil. Aqui é imposto, tributo, taxa, de tal maneira que 5 meses por ano trabalhamos todos para os governos.

**A lei anticorrupção onde consta a delação premiada, os acordos de leniência etc. existem nos  EUA há 40 anos. No Brasil, apenas depois de 2013. Isto explica por que só agora se torna visível a corrupção que sempre existiu entre nós.

**Estamos vivendo uma feira Expo-Ijui-Fenadi em tempos de crise. Pela sua estrutura, diversidade de atrações, e experiência de 30 anos, ela está tendo sucesso apesar da crise.  A experiência mostrou o que funciona. O trabalho antecipado garante o bom resultado.

Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por