AO VIVO


Coluna Sônia Arriens Cassel

Publicada 08/09/2017

COISAS DA VIDA

Todos nós gostamos  sem dúvida, de ser respeitados. Mas para tal, é preciso respeitar a si próprio e também ao outro. Quando damos ao outro o poder para controlar a forma como me sinto, penso ou me comporto, além de você estar agindo com desrespeito a si próprio, provavelmente perderá também a admiração e o respeito das pessoas.

Concordo com o Padre Fábio de Melo ao defender que "a maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos". Simone de Beauvoir completa ao referir que quando se respeita alguém não queremos forçar a sua alma sem o seu consentimento. E quando forçamos nossa própria alma e não conseguimos estabelecer "fronteiras saudáveis"?

De acordo com o Código Samurai, uma alma sem respeito é uma morada em ruínas e deve ser demolida para construir uma nova. Processo este difícil mas necessário se quisermos ser respeitados pelos outros...família, amigos, colegas, vizinhos... enfim ,todos aqueles que de alguma forma convivemos.

Se você deseja ganhar o respeito dos outros e está com dificuldades no quesito, selecionei algumas dicas preciosas dadas pelo psicólogo César Borella: Confie em si próprio. É difícil ter respeito por alguém balbuciante e inseguro. E isso só vem a partir do momento em que você adquire a convicção de estar fazendo a coisa certa no momento certo. Para tanto fale apenas daquilo que tem certeza...

Saiba a hora de brincar. Falar coisas indevidas e brincadeiras sem graça, tiram o respeito de qualquer um.
Maneire na simpatia. Não é necessário estar sempre sorrindo e dizer sim para tudo que lhe pedirem. Seja constante. Não dá para respeitar alguém que uma hora diz uma coisa e logo depois fala outra totalmente diferente. Discurso e atitude precisam andar em harmonia.

Mantenha a calma. Manter-se calmo mesmo nas situações difíceis é algo admirado por todo mundo (...) Quando você grita e fica nervoso pode até intimidar os outros, porém isso não é respeito. Faça bem suas tarefas. Seja no trabalho, em casa, com a família ou com os amigos...quem é capaz de realizar os seus compromissos na hora marcada e com qualidade, ganha o respeito dos demais.

Cumpra o que promete. Se não puder cumprir algo, não prometa. E se por qualquer motivo não der para fazer o que prometeu, dê satisfação. Respeite os outros. Trate as pessoas como gostaria de ser tratado. Acrescento mais uma dica que considero importante: não deixe que os outros definam seu valor. Caso contrário, nunca vai sentir que tem valor suficiente ( Morin).

Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por