AO VIVO


Coluna Armindo Pydd

Publicada 08/11/2021

FUNDÃO ELEITORAL

**A um ano das eleições gerais quando escolheremos novos Governadores, Deputados, Senadores e Presidente da República ainda falta definir o valor do fundão eleitoral. Existe uma proposta dos próprios parlamentares e políticos de que ele seja de 6 bilhões, mas o Presidente da República não está concordando com este valor. 

** Vejamos o que significa este número. Um milhão se contarmos em segundos teremos 11 dias. Um bilhão se contarmos em segundos teremos 31 anos. Um milhão se contarmos 5 mil reais por dia levaremos 6 meses e 20 dias. Um bilhão se contarmos 5 mil reais por dia levaremos 547 anos para arrecadar esse valor. 

** Agora se falarmos em 6 bilhões imagina só o valor que será alcançado para despesas político eleitorais. Surgem os candidatos o que é natural. Nessa semana Sérgio Moro que se notabilizou na campanha do lava jato condenando as maiores autoridades e as maiores fortunas do país, é candidato. Ele nas pesquisas consta em terceiro lugar, mas é sem dúvida um nome a ser respeitado e anotado pelo eleitorado e pelos outros candidatos. 

** Osmar Terra que se notabilizou durante as discussões em torno do covid volta às páginas para dizer que a melhoria geral que está acontecendo é pelo número de pessoas curadas no Brasil e não somente pelas vacinas que estão sendo feitas, agora já para muitas pessoas em 3 doses. 

** Os candidatos se reelegem muitas vezes 5, 6, 7 vezes e o panorama político brasileiro pouco muda. Mas, existe uma medida que poderia ser feita com efeito imediato. Ninguém votar em candidato à reeleição em nenhum dos níveis, isso imediatamente colocaria as gangs organizadas há muitos anos ao alcance da lei porque perderiam o foro privilegiado. Outra modificação importante que poderia ocorrer é que a maioria dos eleitores do Brasil são mulheres, mas, somente 8% tem mandato. Se todas as mulheres votarem em mulheres também haverá uma mudança completa das representações políticas em todos os níveis.

** O Supremo Tribunal está condenando jornalistas e políticos por crime de opinião. Temos o jornalista Allan dos Santos condenado, mas refugiado nos Estados Unidos. Temos o deputado Daniel Silveira preso também por opinião divulgada nas redes sociais. Existe uma caça com cancelamento das redes sociais dos aportes financeiros daqueles que na opinião do STF ultrapassam o nível do razoável nas manifestações.

Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por